Como ser atendido na USE

 

Como ser atendido na USE?

A USE é uma unidade prestadora de serviços ao SUS, portanto, atende apenas usuários referenciados pela rede pública de saúde de São Carlos e região. O usuário que possuir encaminhamento para a Unidade deverá comparecer pessoalmente para acolhimento

 

1.º PASSO: ter o encaminhamento emitido por profissional de saúde, que atua no SUS. A USE também aceita encaminhamentos da rede pública de educação e da assistência social, para os atendimentos da área de saúde mental.

2.º PASSO: apresentar os documentos pessoais : RG ou certidão de nascimento, CPF e Cartão Nacional do SUS.

3.º PASSO: passar por atendimento no Serviço de Acolhimento da USE. O ACOLHIMENTO é de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30, sem agendamento prévio.

4.º PASSO: Após o acolhimento haverá três caminhos na Unidade:

  1. Consulta médica nas áreas de medicina integral, saúde mental integrativa, homeopatia, atendimento às vítimas de violência, ambulatório interdisciplinar de saúde mental e fonoaudiologia: o paciente sairá do Acolhimento com a sua primeira consulta agendada.
  2. Consulta médica nas áreas de gastroenterologia, hepatologia e nutrição pediátrica, doenças respiratórias e alérgicas da infância, patologias do trato urinário da infância e adolescência (nefrologia), dermatologia adulto e pediátrica, sexualidade humana: os agendamentos são realizados pelo sistema CROSS, o paciente deverá procurar a unidade de saúde de seu território.
  3. Atendimento em outras áreas da saúde (fisioterapia, terapia ocupacional, dentre outras): a equipe do Acolhimento fará a inscrição e o paciente deverá aguardar o contato telefônico do responsável pelo atendimento para agendamento de uma triagem. O contato telefônico para agendamento será feito pelos próprios professores, alunos, ou profissionais técnicos da Unidade, assim que houver vagas.

IMPORTANTE:

  • A USE não possui serviço de transporte;
  • Os atendimentos na USE dependem do plano de cuidado proposto pelo profissional e da assiduidade e adesão do usuário à intervenção proposta;
  • As faltas não justificadas podem implicar o desligamento dos atendimentos.